Arquivo mensais:fevereiro 2014

Afinal, precisamos ou não precisamos de gerentes?

Recentemente li uma entrevista com Ryan Carson, fundador da Treehouse, uma empresa que eliminou o papel do gerente. Absurdo? Poderia parecer um caso isolado, se não prestássemos atenção ao movimento de outras empresas como Valve, WebGoal, WorldBlu, Southwest Airlines, Github, W.L. Gore, Zappos, Morning Star,  e até a santacruzense Mercur. Mas afinal, gerentes são ou […] Continue lendo →

Desenvolvimento de competência e o respeito às pessoas

Mesmo times motivados, empoderados e alinhados, não conseguem atingir seus objetivos se seus membros não são competentes. Como desenvolver a competência e as habilidades das pessoas? Como melhorar os processos e alcançar as expectativas? Como incrementar e melhorar a qualidade? Em 1983 a Toyota reabriu a planta da GM em Fremont, nos Estados Unidos. A […] Continue lendo →

Nenhum plano sobrevive ao contato com o inimigo

Há um ditado, atribuído ao general prussiano Helmuth von Moltke que diz: “Nenhum plano sobrevive ao contato com o inimigo”. O exército é conhecido pela sua habilidade em planejar detalhadamente os seus movimentos. Cada movimento de um soldado pode ser rastreado até alguma ordem do chefe de Estado. A ordem vai sendo sucessivamente desmembrada por […] Continue lendo →

Gerente: você confia no seu time?

Você saberia dizer qual o papel da confiança na auto-organização de times?  A auto-organização pressupõe autonomia para que o time possa tomar suas próprias decisões. Sem empoderamento (distribuição do controle) não temos essa autonomia. Muitas vezes os gerentes se queixam que seus times não são confiáveis, de como consomem o seu tempo em atividades de […] Continue lendo →

Enfrentando a falta de iniciativa no ambiente de trabalho

Nos cursos de Management 3.0 o principal problema citado pelos gestores, em relação a motivação, é a falta de iniciativa. Gestores ficam muitas vezes indignados com a postura dos seus colaboradores de fazer apenas o que é solicitado e nada mais. Muitas vezes atitudes óbvias são deixadas de lado impactando qualidade, tempo de resposta e […] Continue lendo →